27 de novembro de 2021

A MORTE É SEMPRE “NA HORA CERTA” E INEVITÁVEL ?

Muita gente fala “morreu porque chegou a hora” ou “quando chega a hora não tem jeito” . Bom, essas frases deterministas tem verdade, mas não plena e em todos os casos.

Explico. No Ifá, filosofia/religião africana e presente também na diáspora africana nas Américas e Caribe, por meio das tradições afrocubana e nigeriana, acreditamos firmemente que já chegamos ao mundo com um destino escolhido por nós mesmos antes do nascimento, e obviamente pela lógica ninguém escolhe destinos trágicos ou curtos (há umas exceções, mas não vem ao caso)… .

Então por que todos não vivemos sempre um destino maravilhoso e vida longa ? Simples, porque o destino é traçado mas não é “travado”… .

O desconhecimento do que escolhemos antes de nascer e as decisões tomadas à revelia do nosso ORI (boa cabeça/essência vital), pode nos desviar do que deveria ser, ou seja, o LIVRE ARBÍTRIO pode mudar o trajeto da vida, e as coisas não acontecem como deveriam.

Para além da premissa anterior, também se acredita que ELENINI (a divindade da desgraça e obstáculo) passa o tempo todo testando os nossos propósitos e ORI, e numa dessas, por decisão errada (a tal “cabeça fraca”), podemos literalmente “embarcar em uma furada”, não prevista no destino originalmente escolhido.

Complementando, ainda há a “fome” de IKU (a morte) que está sempre levando as pessoas dessa vida, e sim, há uma data e hora prevista para a morte, porém… IKU pode desconsiderar isso e antecipar essa hora graças a influência de ELENINI nas decisões das pessoas, e que levam ao OSOBO (negatividade) e/ou à desgraça.

Todo mundo tem ORI, mas nem todos tem um ORI tendente ao bom e ao IRÉ ( positividade) para cumprir de forma natural o destino originalmente escolhido. É possível por meio da iniciação em Ifá, ficar sabendo das linhas mestras do próprio destino e ter acesso a correções necessárias nas tendências negativas e desviantes, inclusive ao “pacto” entre Orunmila (divindade do destino e sabedoria) e IKU, que afasta ou “contém a fome ” de IKU contra os “sinalizados” pelo primeiro. Isso não evita a morte, mas pode evitar que ela se antecipe. Porém quem não tem isso, tem muito maiores chances de ter o período na terra abreviado “por engano” ou “desvio”.

Trocando em miúdos, morrer todo mundo vai, e mesmo iniciado em Ifá ninguém sabe exatamente quando, porém sem saber nada do seu destino e sem proteção alguma contra a “morte adiantada” (caso da maioria das pessoas) ela pode sim vir antes da “sua hora” real.

A boa notícia é que, do mesmo modo que a morte se adianta, de repente ela pode ser “lembrada” para não se adiantar, e mesmo até acertado para esperar um “tempo extra” além da hora original, mas aí já não cabe nessa história, nem a esse neófito… 😉 🔰

Orunmila Iboru, Orunmila Iboya, Orunmila Ibosheshe!

Awofakan Juarez Oshe DI

 

 

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *