26 de novembro de 2021

estadios-x-hospitais

Que “o fenômeno” costuma de tempos em tempos soltar umas “pérolas” polêmicas é fato (lembram de quando ele disse que o racismo no futebol  europeu era tão forte que até ele que “era branco” (sic) sentia ? :-)), mais recentemente está todo mundo “caindo de pau” em cima do “fofo”  pela agora célebre frase ” Não se faz copa do mundo com hospitais, mas com estádios…” .

Eu que detesto futebol, devo admitir que apesar de um tanto aparentemente “insensível”, o moço está completamente certo…,  não obstante o fato de um país-sede de copa pela lógica necessitar de uma infra-estrutura que vai muito além de estádios modernos e de grande capacidade ( e isso inclui, aeroportos e transportes de qualidade, vias decentes, telecomunicações, hotelaria, segurança pública, pessoal treinado e obviamente também uma rede de saúde capaz de dar atendimento decente em qualquer eventualidade), sem eles (os estádios)  nada feito… .

Portanto, não tem nada de inverdade no que ele disse…,  e me desculpem os amigos que A-D-O-R-A-M futebol…, mas o que ocorre na realidade é que no “país do futebol” (onde praticamente nada aliena mais  a população que o “bendito futebol”) e no qual há centenas de necessidades urgentes bem maiores que a realização de uma copa do mundo, todos ficaram “encantados” com a possibilidade de ter o evento por aqui e com um pouquinho mais de esforço (e claro bem menos que se tivessem que se deslocar para o exterior, o que para a maioria seria “impossível” ) até assistir ao vivo a alguns do “jogões”…, não vi ninguém reclamando, nem fazendo manifestação quando o Brasil se candidatou a sede da copa (muito pelo contrário, vi foi um bando de “lesos” exultando ao ver na TV a  a vitória da candidatura brasileira),  antes daquela era a hora de reclamar contra…, não depois do país ter assumido compromissos que bem poderia ter declinado.

Será que ninguém viu que haveria um enorme gasto com a reconstrução de estádios ???, que seria necessário um enorme investimento em outras obras faraônicas que bem poderiam ser melhor aplicados em outras necessidades mais prementes e racionais ???? (não estou nem me referindo a superfaturamentos, desvios e incômodos causados).

Eu que nunca gastei um centavo para entrar em um estádio e ver uma partida de futebol, não perco tempo dando audiência para as multimilionárias transmissões de jogos, muito menos desperdiço dinheiro comprando camisas e artigos dos clubes e da seleção (OK , tudo bem…, comprei uma vez uma camiseta da seleção, mas apenas para parecer “mais brasileiro” em um período em que morei fora do país 🙂 ),  e que nunca torci para ter copa no Brasil ou qualquer outro lugar do mundo, bem que poderia estar reclamando que preferiria hospitais e outras coisas mais importantes a  mega-estádios…, mas esse pessoal que não pode ouvir que vai ter um   “Não sei que lá” X “Não sei o quê”  e sai correndo para os estádios ou para a frente da TV , deveria ser mais coerente…  .

Pediram Copa ?, pois está ai…, não há bônus sem ônus…, provocaram e pediram muito…, então como diria a “filósofa” Maria Vanúbia da finada novela Salve Jorge,  “Pi Pi Pi !!!, olha o recalque ! , aceita que dói menos…” .

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *