6 de dezembro de 2021

Francisco, o Papa de um mundo em deslocamento de eixos.

"E agora caríssimos, gostaria de propor a canonização sumária de uma pessoa guiada por 'La mano de Dios'... " (brincadeirinha pessoal ! :-) com todo respeito, mas não poderia perder a piada...
“E agora caríssimos, gostaria de propor a canonização sumária de uma pessoa guiada por ‘La mano de Dios’… ”                                                                                                                       (brincadeirinha pessoal ! :-), todo respeito, mas não poderia perder a piada…)

Agora falando sério, é claro que ao falar em deslocamento de eixo, não estou me referindo à aquele tipo que nos deixou preocupados no final de 2012… :-), mas sim de um mundo em que a geopolítica, geoeconomia e perfis do poder estão mudando com força e velocidade incomuns.

Em um mundo em que o Presidente dos EUA (país tradicionalmente racista) é um Negro, as Presidentes da Alemanha, Brasil e Argentina (países tradicionalmente machistas) são mulheres, a Europa e Estados Unidos passam por uma grande crise financeira enquanto os países emergentes (BRICS) consolidam suas posições entre as economias mais desenvolvidas; a Igreja Católica elege o agora Ex-Arcebispo de Buenos Aires, Cardeal Mario Bergoglio, de 76 anos, o seu primeiro Sumo Pontífice  vindo de abaixo do Equador, aliás o primeiro Papa do continente americano, primeiro latino-americano, primeiro sul-americano, primeiro argentino, primeiro a adotar o nome de Francisco e salvo engano o primeiro FARMACÊUTICO e o primeiro jesuíta… (o que para quem tem uma noção mínima da  História da Igreja Católica, significa : disciplina, exigência de obediência absoluta ao Papa, alta penetração global, foco no processo de educação e evangelização e alto entranhamento e influência em todas esferas de poder…, alguns lembrarão da relação próxima com os Direitos Humanos e outros lembrarão de obscuras atribuições na defesa da Santa Sé e da hegemonia católica no mundo…; basta também lembrar que foi justo aos Jesuítas, confiada a  missão de chegar primeiro ao novo mundo e iniciar a sua conquista ao cristianismo, assim foi também na investida europeia sobre a Ásia…, ou seja, fazendo uma analogia grossa, poderiamos dizer que os jesuítas são o BOPE da Santa Sé, aliás disposição esperada vindo de uma ordem religiosa fundada por um militar [Ignácio de Loyola] e com o nome de Companhia…). O novo Papa é conhecido pela simplicidade de estilo e bom humor, e moderno já usava o facebook no contato com fiéis enquanto Arcebispo de Buenos Aires.

Não importa a qual religião se pertença, é sensato reconhecer que  a importância e influência do Papa no contexto mundial é enorme e não pode ser ignorada,  a mesma pode refletir em muitos aspectos da vida em sociedade (inclusive para os não-católicos), na relação com as questões de Direitos Humanos e diversidade e nas relações internacionais.

Bom, agora é aguardar para ver…, por enquanto a consequência mais previsível da eleição do novo Papa é ter que aguentar o já inflado ego de “los hermanos” argentinos, crescer ainda mais :-), aliás na imprensa argentina já apareceu manchete falando sobre o novo Papa… “La mano de Dios”, (referência ao famoso gol marcado por Maradona na Copa do Mundo de 1986).  Ah ! e o Papa é fã de futebol…, o que significa que nas próximas Copas teremos o Papa torcendo (e rezando , ih….) pela Argentina…, resta o consolo de saber que se o Papa é argentino, Deus é brasileiro… \o/  🙂 .

Bola pra frente !

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *