6 de dezembro de 2021

Será possível ??? , não deu nem tempo de eu fazer um post intermediário e  a trupe de políticos “neo-democratas-raciais”  (aqueles que dizem ‘não somos racistas’ e  gastam boa parte do tempo tentando barrar avanços sociais da população negra e de outras  ‘minorias’ )  já aprontou mais uma em nível nacional .

O deputado federal Jair Bolsonaro (PP-RJ), famoso por defender posições ultra-reacionárias, entre elas as homofóbicas e contra as Ações Afirmativas nas universidades (leia-se cotas para pobres e negros), dessa vez se complicou … (e tomara que irreversivelmente), em quadro do programa CQC  deu resposta obviamente racista à pergunta de Preta Gil (dispensa apresentações),  a seguir  a sequência :

Preta Gil:  “Se o seu filho se apaixonasse por uma negra, o que você faria ?”

Bolsonaro : “Oh Preta, não vou discutir promiscuidade com quem quer que seja. Eu não corro esse risco porque meus filhos foram muito bem educados e não viveram em ambiente como lamentavelmente é o teu”

Além da declaração racista, o deputado fez várias outras de cunho homofóbico, mas infelizmente por essas ele não pode ser punido pois ainda não está previsto como crime a homofobia.

Como esperado, vieram as desculpas esfarrapadas de mal-entendido  e o manjado álibi “Tenho empregados negros, parentes negros, amigos negros, etc…”

As máscaras estão caindo inequívocamente…, não ve quem não quer…

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *