1 de dezembro de 2021

O acidente aéreo e o blogging

Imagem de insólito acidente aéreo em cemitério no exterior

Um acidente aéreo matou ontem em Manaus-AM os seis ocupantes de um avião bimotor Sêneca II, cinco deles da SEDUC – Secretaria Estadual de Educação, incluindo a própria Secretaria Estadual, maiores detalhes em: http://www.acritica.com.br/content/not-detail.asp?materia_id=159383

O acidente ocorreu ontem à tarde e foi manchete dos jornais de Manaus hoje.

Uma das principais características de blogar (pelo menos para boa parte dos blogueiros) é comentar as notícias que saem na grande mídia, eventualmente se faz "matéria" sobre eventos e fatos que não são cobertos pela imprensa ou cobertos com um foco diferente do que achamos importante.

Na maioria desses casos as situações são "distantes" do nosso cotidiano e as pessoas são "celebridades" ou autoridades e outras pessoas com quem nunca cruzamos pessoalmente.

Fiz  toda essa introdução, para poder utilizar uma outra característica de blogar, que é  externar a reflexão pessoal…, em novembro passado estive em  reunião com 3 das vítimas fatais desse acidente…, não dava para imaginar o que o futuro reservava para aquelas pessoas, o que obviamente nos faz refletir sobre a incerteza que é o futuro…, sobre o efemeridade da vida, podemos estar a  menos de uma hora do fim…, estamos aproveitando a vida ? , os momentos ? ,  estamos deixando para  um amanhã que não virá, o que deveriamos fazer hoje ?…, são conjecturas que não nos escapam nessas horas.

Sempre me lembro nessas horas do  já falecido Renato Russo,  a cantar :  "É preciso amar, as pessoas, como se não houvesse amanhã, porque se você parar para pensar, na verdade não há…" .

Também não dá para não pensar nas "peças" que o destino prega…, como no caso do piloto, o Comandante Vaspeano, que literalmente nasceu em um avião (fato raríssimo) , passou mais da metade da vida comandando aviões e para fechar um ciclo de eventos impressionantemente raros , morreu em um avião…, não deve ter tido mais ninguém no mundo com uma sequência dessas… .

É muito pouco provável que algum familiar das vítimas venha a ler o post  (mas não é impossível), talvez algum amigo…, de qualquer modo, vão ai nossos sentimentos de pesar, pela perda de vidas tão proficuas  e de forma tão trágica.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *